10 de Julho - Dia Mundial da Saúde Ocular

Hoje lembramos da importância dos cuidados com a saúde dos olhos e os benefícios das medidas preventivas como as visitas periódicas ao oftalmologista. Muitas das doenças oculares são silenciosas e só manifestam sintomas em um estágio mais avançado podendo prejudicar de forma importante e definitiva a visão.


De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), oito de cada dez casos de perda de visão poderiam ser evitados, se detectados precocemente. A maioria das pessoas pode necessitar de uma consulta preventiva anual com o médico, outras que já tenham comprometimento da visão podem precisar de um acompanhamento mais frequente.

As alterações na visão comprometem o dia a dia de crianças como déficit de aprendizagem, baixo rendimento escolar , dificuldade de participação em atividades de lazer assim como adultos com perdas de oportunidade de trabalho, ausências no emprego e acidentes. O exame periódico permite o ajuste correto no grau dos óculos ou lentes de contato, além de investigar outras alterações silenciosas.

No Brasil, mais de 1,2 milhões de pessoas são cegas. A OMS estima que em 60% a 80% dos casos a cegueira são resultantes de causas previsíveis e/ou que poderiam ser tratadas se diagnosticadas precocemente.

Atenção em todas as idades


Fase da infância

Os cuidados com a saúde ocular devem se iniciar ainda na maternidade. Ao nascer, o bebê deve ser submetido ao teste do olhinho e, após cerca de 30 dias de vida, ao mapeamento de retina. A partir daí até os 2 anos de idade deve-se fazer uma consulta a cada 6 meses e, depois, anualmente até a fase adulta. No início da escolarização, é importante que a criança faça o exame de acuidade visual, para a detectar os problemas mais comuns: miopia, hipermetropia e astigmatismo, que podem levar à perda visual e atrapalhar a alfabetização.

Chama atenção a maior incidência no Brasil de casos de toxoplasmose, doença que ocorre via contaminação por um microrganismo (Toxoplasma Gondi) presente nas fezes de animais como cachorros, gatos, aves, e também na carne de porco. A contaminação está relacionada a questões de higiene, que devem ser ensinados desde a infância, e acesso a saneamento básico.


Fase adulta

É comum quadros de conjuntivite que pode ser alérgica ou infecciosa( bacteriana ou viral), pode ser identificada com a vermelhidão do olho, lacrimejamento, dor e coceira. A de causa infecciosa pode ser altamente contagiosa sendo necessário cuidado com a lavagem dos olhos e higienização das mãos.

O pterígio ( “carne crescida” no popular) , uma membrana composta por tecido fibroso e vasos sanguíneos que cresce no canto dos olhos e avança em direção à córnea; o aparecimento está diretamente relacionado a uma maior exposição à radiação solar. Se não tratado, o pterígio pode causar astigmatismo, vermelhidão e sensação de areia nos olhos. Daí a importância do uso de óculos de sol de qualidade com proteção UV.

Ainda nessa fase, devemos dar atenção aos distúrbios como o glaucoma, que afeta a pressão ocular; a retinopatia diabética, complicação que ocorre quando o excesso de glicose no sangue danifica os vasos sanguíneos dentro da retina; e a degeneração macular relacionada à idade (DMRI), doença degenerativa da retina que provoca uma perda progressiva da visão central, afetando especialmente pessoas acima de 60 anos.



O que você pode fazer por seus olhos:

* Lavar as mãos com frequência.

* Não coçar os olhos, pois pode causar ou agravar doenças.

* Evitar o uso excessivo da visão de perto, que pode estimular o aparecimento ou aumento da miopia.

* Usar óculos prescritos por médicos oftalmologistas. Não usar óculos prontos, os “óculos de farmácia”, que podem trazer prejuízos para a visão.

* Usar óculos de sol com proteção UV.

* Evitar a exposição excessiva ao vento, poeira e agressões em geral.

* Não usar medicamentos (incluindo colírios) sem prescrição médica.

* Consultar um oftalmologista anualmente ou quando sentir desconforto nos olhos.



Texto Encaminhado por:

Dra. Nathalie Cirilo

0 visualização

Clínica na Pampulha | Cirurgião na Pampulha | Médico na Pampulha | Clínica Popular na Pampulha

Av Portugal, 2193. Santa Amélia - Belo Horizonte | MG

Tel: 31 - 3582 -1578 |       31 - 9 8423-9022

  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram CMSA
  • CMSA Facebook

©  2018 Centro Médico Santa Amélia. Criado por Assessoria de Mídia, todos os direitos reservados. - SEO em BH